Home Notícias Recentes Fundador do Nubank desiste de acordo de remuneração extra

Fundador do Nubank desiste de acordo de remuneração extra

by

O Nubank comunicou ao mercado na terça-feira (29) que o seu fundador e CEO, David Vélez, desistiu de um acordo firmado em 2021 que, na prática, lhe dava direito a uma remuneração extra milionária em ações, no futuro. O cancelamento do chamado Contingent Share Award (CSA) 2021 gerou um impacto contábil positivo para o banco digital.

Essa remuneração adicional, ainda que condicionada a metas agressivas de preço de ações após o IPO, gerou controvérsias em abril passado, quando o banco divulgou ao mercado que pagaria um total de até R$ 816 milhões aos seus diretores e conselheiros em 2022. Na verdade, mais de 80% do valor resultava de um “efeito cascata” do polpudo acordo de Vélez.

Leia mais…

Related Articles

Leave a Comment